Cancelar
Acesso CNTV

CONTRA A REFORMA PREVIDENCIÁRIA DE BOLSONARO:

25Abr

Em ) - a agente Al

O Presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Vigilantes – CNTV José Boaventura encerrou a sua participação na Audiência Publica da Comissão Permanente de Direitos Humanos do Senado Federal na manhã desta segunda-feira, que discutiu o fim das aposentadorias especiais na proposta de reforma previdência do governo Bolsonaro (PEC- 6), perguntando ao representante do governo:

·         “Por que esta maldade com os mais de 2.500.000 de Vigilantes do Brasil, acabando com a seu direito a Aposentadoria Especial?”

·         “Por que retirar dos Vigilantes o direito ao abono do PIS quando limita o teto da remuneração do ano anterior a um salário mínimo? (atualmente são dois salários mínimos e mais de 90% dos vigilantes recebem o abono);

·         “Por que acabar com o direito ao FGTS para os vigilantes aposentados que voltam a trabalhar”?

·         “Por que a reforma não cuida patrões caloteiros, quebrões e seus laranjas, que lesam os Vigilantes e quebram as empresas, mas continuam no “bem bom”, alguns até com mandatos de deputados, senadores, prefeitos, etc.?

E, ainda afirmou: os vigilantes vão “azucrinar” deputados e senadores em todos os lugares (aeroportos, bancos, restaurantes, hospitais, cemitérios, órgãos públicos, etc.) cobrando à manutenção do seu direito a aposentadoria especial e combatendo a esta injustiça.

Em defesa dos vigilantes brasileiros também falou na audiência o Deputado Distrital Chico Vigilante (PT/DF) e diretor da CNTV. Outras categorias participaram da audiência, mas foi a presença dos vigilantes, liderados pela Diretoria do Sindicato dos Vigilantes do DF, com seus cartazes, que ocupou quase todo o espaço do Salão no Senado.

Na audiência foi lembrada por alguns participantes que na PEC o governo propõe estender a aposentadoria especial para uma nova categoria “os agentes sócios educativos”, excluindo outras. Então, porque a exclusão dos vigilantes que defendem com sua vida a vida de outros?

A audiência foi proposta e presidida pelo Senador Paulo Paim (PT/RS) e contou com a presença do Senador Stiverson Valentim (Rede/RN).

Paim, renovou o seu compromisso com a luta dos vigilantes e prometeu estar lado-a-lado com a categoria na defesa do seu direito.

Nesta luta os vigilantes não estão desemparados. Lideranças sérias, comprometidas com a vida e bem-estar da categoria não deixarão de fazer o “bom combate” contra as injustiças.

Bolsonaro, pare de maldade com os vigilantes!

Por José Boaventura Santos

Presidente da CNTV

Baixar aquivo em anexo.
0 comentários para "CONTRA A REFORMA PREVIDENCIÁRIA DE BOLSONARO:"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.