Cancelar
Acesso CNTV

SINDICATO DOS VIGILANTES DE NITERÓI SOLICITA MESA REDONDA NO MTE COM A EMPRESA GP

09Out

Companheiros Vigilantes de Niterói e regiões, a Empresa de Segurança GP ao perder o contrato com o Banco Itaú em vários Estados, decidiu antes do termino do contrato chamar os Vigilantes e propor um acordo baseado na nova legislação com o objetivo de reduzir  os valores que tem que pagar ao trabalhador mesmo recebendo as faturas em dia do Banco Itaú.

O que a empresa GP esqueceu é que existe uma Convenção Coletiva de Trabalho em Vigor que é lei, onde, a GP participou ativamente na mesa de negociação e aprovou a cláusula 22 e seus parágrafos onde menciona a demissão por acordo e o reaproveitamento dos Vigilantes pela outra empresa.

Ao termino do Contrato de Trabalho a outra empresa ao contratar o Trabalhador para continuar no posto a empresa que esta saindo pode fazer um acordo com o trabalhador reduzindo o pagamento em 20% dos 40% da multa do FGTS, aviso prévio de 15 dias e o trabalhador só recebe 80% do FGTS  que esta na conta é o que esta na Lei.

Só que para este acordo ter validade tem que ser feito no Sindicato e com todas as garantias de que o trabalhador irá receber os demais direitos integralmente e de uma só vez sem parcelamento.

Pois bem, estamos recebendo informações de vários Vigilantes de que a empresa esta chamando os trabalhadores na sede da empresa sem a presença de nenhum Sindicato e propondo um acordo e se passar de um determinado valor ela esta parcelando em 4 ou mais vezes a rescisão.

A nova legislação que autoriza o acordo não menciona parcelar a rescisão de Contrato de Trabalho, portanto a empresa GP esta burlando a nova legislação e a CCT atual da categoria, porque será?

Por esse motivo estamos chamando a empresa no Ministério do Trabalho para que ela explique o porquê esta cometendo essa irregularidade e vamos pedir que cumpra com o pagamento integral da rescisão dos Vigilantes já que ela esta recebendo a fatura do Banco Itaú corretamente, dito pelo próprio superintendente do Itaú.

Por esse motivo pedimos que os Vigilantes leiam a CCT clausula que fala sobre o reaproveitamento do Trabalhador pela outra empresa e veja que a GP não esta agindo corretamente.

Aproveitamos para informar que a Empresa Seguridade que vai assumir o contrato do Banco Itaú já nos informou que vai reaproveitar todos os Vigilantes salvo se algum gerente do Itaú pedir para não contratar um ou outro Vigilante, mais estamos vendo essa situação também.

Portanto A GP pode esperar o final do contrato para poder propor o acordo já sabendo quem vai ficar ou não porque a pressa?

Fonte: Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões 

0 comentários para "SINDICATO DOS VIGILANTES DE NITERÓI SOLICITA MESA REDONDA NO MTE COM A EMPRESA GP"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.