Cancelar
Acesso CNTV

Agências resistem a instalação de biombo

11Jun

Os bancos provam mais uma vez que não têm compromisso com a segurança da população. A grande maioria das agências bancárias de Salvador continua a desrespeitar a lei que determina a instalação de biombos nos caixas de atendimento.

Apesar de a norma ser de julho do ano passado, o prazo para a adaptação foi estendido até o início de junho por conta de um pedido da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos). Mas, agora não tem mais jeito. A fiscalização já começou e, inclusive, 49 unidades foram autuadas.

A Sucom continua com a vigilância nos próximos dias. O objetivo da lei municipal é coibir o crime de saidinha bancária, cada vez mais frequente em Salvador. A norma impede ou, pelo menos, dificulta que outras pessoas vejam a movimentação feita pelo cliente nos caixas.

Os correntistas aprovam a iniciativa, mas lembram que é preciso muito mais. “Os bancos deveriam pensar em ações mais eficazes para nos preservar”, diz o aposentado Milton Oliveira, 77 anos. Opinião semelhante tem o aposentado Abelardo Souza, 66 anos. Para ele, os biombos deveriam ter até portas.

O Sindicato da Bahia está com a população. Para a entidade, os bancos têm de investir em segurança, como ampliar o número de vigilantes, instalar câmeras internas e externas e criar estratégias eficientes para evitar as ocorrências. Dinheiro para isso as empresas têm de sobra. Basta compromisso com os bancários e os clientes, principais vítimas das quadrilhas especializadas.

0 comentários para "Agências resistem a instalação de biombo"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.