Cancelar
Acesso CNTV

Bancos têm quatro meses para instalar portas de segurança em Araraquara

23Abr

Em ) - 10 13 2010

Os bancos que ainda não contam com portas de segurança terão quatro meses para se adequarem à lei municipal que instituiu a obrigatoriedade de adoção da medida em Araraquara. O “Diário Oficial” do município publicou na edição de quinta-feira, 19 de abril, a sanção do prefeito Marcelo Barbieri (PMDB) à lei de autoria de Aluísio Braz, Boi (PMDB), presidente da Câmara.
Aprovada por unanimidade pelos 13 vereadores, a lei determina que as agências bancárias deverão ter, “obrigatoriamente, na entrada porta eletrônica de segurança individualizada”, do tipo eclusa ou giratória e estar equipada com dispositivo de alarme detector de metais.
A lei prevê também que a porta deve ter “travamento e retorno automático, possuir abertura ou janela para entrega do material detectado ao vigilante e ser de vidro laminado resistente ao impacto de projétil disparado por arma de fogo até o calibre 45”. A responsabilidade pela instalação do dispositivo de segurança é dos bancos.
O descumprimento da lei implicará em multa diária no valor de R$ 3,4 mil. Ainda conforme a lei, além da multa os bancos infratores poderão receber outras sanções a serem definidas.

Apoio

A manutenção ou instalação de portas de segurança nas agências bancárias tem apoio também de Gilberto Paolilo, presidente do Sindicato dos Bancários de Araraquara. Na sessão ordinária de terça-feira, 5 de março, ele utilizou a Tribuna Popular para defender a proposta de Boi.
Para o sindicalista, a retirada das portas, defendida por alguns dos grandes bancos do país, representa “um retrocesso perigoso e inaceitável”. Segundo ele, desde que as portas foram instaladas, no final dos anos 1990, houve diminuição no número de ocorrências, como assaltos e sequestros.
Na oportunidade, Paolilo revelou que no ano 2000 ocorreram 1.901 casos de violência enquanto que em 2010 este número foi reduzido 369. Ele contou que somente em 2011 houve 49 mortes em ocorrências policiais em agências bancárias em todo o Brasil.
O projeto de Boi teve boa acolhida entre os demais vereadores. Tenente Santana (PSDB) propos maior segurança também nos estacionamentos das agências. João Farias (PRB), líder do governo, destacou que as portas contribuíram para aumentar a segurança dos bancários e clientes e para diminuir o número de ocorrências policiais.
Carlos Nascimento (PT) lembrou de outros projetos semelhantes aprovados pela Câmara, como o que obriga a instalação de câmeras de vigilância internas e externas e a colocação de divisórias e placas opacas em frente aos caixas. Márcia Lia, líder da bancada do PT, também manifestou apoio ao projeto de Boi.
Para o presidente da Câmara, “é motivo de alegria” todas as manifestações de apoio “por saber que os funcionários e os vereadores concordaram com a minha proposta que agora se torna lei municipal”. Para Boi, “o Executivo tem que fazer uma força tarefa para fiscalizar todos os bancos e obrigá-los a cumprir a lei”.

0 comentários para "Bancos têm quatro meses para instalar portas de segurança em Araraquara"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.