Cancelar
Acesso CNTV

Segurança

09Abr

Já há alguns meses, esta Tribuna noticia, quase que diariamente, casos de explosões de caixas eletrônicos em bancos e em outros locais públicos

Já há alguns meses, esta Tribuna noticia, quase que diariamente, casos de explosões de caixas eletrônicos em bancos e em outros locais públicos. Diante desse quadro, a Polícia Militar anunciou esta semana que vai intensificar o policiamento por meio de sua Força Tática para tentar inibir a ação dos criminosos.

De fato, temos de nos preocupar com a segurança de todos, e explosões acontecendo por todo lado nas nossas noites e madrugadas representam sim um risco à sociedade como um todo.

Mas até que ponto nós, cidadãos comuns, estamos dispostos a abrir mão da ronda ostensiva para que entidades financeiras sejam protegidas? Os bancos são, há mais de uma década, as empresas que mais lucram no nosso País, sejam eles públicos ou privados.

Dinheiro para investir em segurança particular e equipamentos de monitoramento os bancos têm e é de se admirar que a maioria das agências em todo o País não contem com vigilantes 24 horas.

Empresas menores e muito menos lucrativas terceirizam sua segurança e evitam invasões como as vistas ultimamente. Já é hora de os bancos unirem-se e criarem planos conjuntos de defesa e segurança, sem jogar a responsabilidade totalmente nos ombros do Estado.

0 comentários para "Segurança"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.