Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes realizam protesto e cobram pagamento de salários em Londrina

11Nov

Pelo menos 130 vigilantes de Londrina e região estão preocupados com o atraso no pagamento de salários e vale-refeição. Um grupo de 30 trabalhadores realizou, na manhã de quarta-feira (9), um protesto e paralisou o atendimento na agência do Banco do Brasil do Calçadão, região central da cidade.

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Vigilantes, Sérgio Guedes, cerca de duas horas após a manifestação um dos funcionários da empresa Lynx Vigilância e Cia Ltda, responsável pelos pagamentos, apresentou o documento do depósito dos valores.

"Mas fizerem o pagamento de parte dos funcionários. Só daqueles que protestaram. Mas ainda tem pelo menos 130 pessoas sem receber o salário de outubro. É uma sacanagem", comentou.

Os demais funcionários estão lotados em diferentes pontos de trabalho, como no Detran, agência dos Correios, prédio da 17ª Regional de Saúde, dividos por cidades como Londrina, Ivaiporã, Faxinal, Venceslau Brás, entre outras.

De acordo com Guedes, a paralisação dos funcionários destes locais não chamaria tanto a atenção da empresa como no caso do banco. "Existe uma portaria nacional que diz que os bancos não podem funcionar sem a existência de vigilantes. Mas no caso de turnos em outros locais não haveria como paralisar o atendimento. Nós vamos tentar uma negociação novamente", comentou

Na próxima segunda-feira (14), o sindicato se reúne com a empresa no Ministério Público do Trabalho. Os salários, após reajuste salarial de 7% aprovado em fevereiro deste ano, são de R$ 1.066, mais adicional de risco de vida de R$ 134. O vale-refeição é de R$ 13.

Segundo Guedes, a empresa alega não ter dinheiro em caixa para os pagamentos, mas o motivo não é aceito pelos trabalhadores. "Os atrasos vem acontecendo já há algum tempo. Temos a informação que já receberam e tem sim dinheiro para repassar. Se isso contecer de novo no mês que vem, os próprios vigilantes estão ameaçando uma greve geral", ameaçou.

Greve no início do ano

Os vigilantes que trabalham em bancos realizaram uma greve no final de janeiro deste ano no Paraná. Com isso, as agências permaneceram fechadas para atendimento durante uma semana, até que fosse aprovado o reajuste salarial de 7%.

0 comentários para "Vigilantes realizam protesto e cobram pagamento de salários em Londrina"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.