Cancelar
Acesso CNTV

Entidades debatem Estatuto de Segurança Privada no Ministério da Justiça

09Nov

Em ) - 13 a acordo

O Estatuto da Segurança Privada será debatido pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (ABESE) e a Federação Interestadual de Sistemas Eletrônicos de Segurança (FENABESE) no Gabinete do Ministro da Justiça, nesta terça-feira (8). O projeto é da Polícia Federal e dispõe sobre as atividades de segurança privada, armadas ou desarmadas. O segmento de segurança eletrônica não possui legislação específica e espera que o Estatuto organize e traga mais profissionalização e transparência ao mercado.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, a reunião de hoje servirá para discutir detalhes do texto do Estatuto referentes à atividade de segurança eletrônica. Em outros encontros com representantes do governo houve avanços para a segurança eletrônica no Estatuto, como o maior controle do setor pelo poder público e a exclusão da concorrência desleal, entre outras.

De acordo com dados da Abese, o setor tem registrado uma média anual de crescimento de 13% no Brasil, conta atualmente com mais de 12 mil empresas atuantes, sendo responsável por gerar cerca de 125 mil empregos diretos e mais de 1,4 milhão indiretos e ainda não possui legislação específica de âmbito nacional.

0 comentários para "Entidades debatem Estatuto de Segurança Privada no Ministério da Justiça"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.