Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes da Fundação Casa estão há 3 meses sem salário

17Out

Vinte funcionários terceirizados da unidade da Fundação Casa em Araraquara estão há três meses sem receber salários. A denúncia foi repassada por e-mail para a Tribuna Impressa por um dos trabalhadores.

"Estamos em 30 vigilantes trabalhando na Fundação Casa de Araraquara por uma firma terceirizada e já estamos há três meses sem pagamento. Estou desesperado", disse o vigia, que teve o nome preservado.

Os trabalhadores foram contratados pela Vise Segurança Patrimonial, empresa que venceu a licitação do Governo do Estado de São Paulo para fornecer mão de obra de segurança à unidade local.

O presidente do Sindicato dos Funcionários da Fundação Casa, Júlio Alves, confirma a falta de pagamento dos terceirizados. "Nós até estamos fazendo campanha para arrecadar alimentos para fazer cestas básicas para as famílias destes trabalhadores", conta.

O sindicalista coloca a culpa do problema na terceirização, chamada de gestão compartilhada, que é assumida por empresas que nem sempre pagam todos os encargos trabalhistas. "Só em Franca este modelo deu certo."

Outro lado

Procurada pela reportagem, a Fundação Casa diz que o contrato com a Vise foi rescindido e que ela será substituída pela Itaseg Serviços de Segurança e Vigilância, vencedora de nova licitação, em 25 de outubro.

A Tribuna entrou em contato com a Vise, mas a empresa não diz quando irá regularizar os pagamentos dos 20 funcionários.

0 comentários para "Vigilantes da Fundação Casa estão há 3 meses sem salário"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.