Por: CNTV | Confederação Nacional de Vigilantes & Prestadores de Serviços
Postado: 12/02/2014
Boletim eletrônico da CNTV 12/02/2014
Juiz manda Seduc explicar repasse devido a 1,8 mil vigilantes demitidos
 

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), garante que não tem créditos a repassar a uma das três empresas que prestavam serviço de vigilância em escolas da rede estadual.