Por: CNTV | Confederação Nacional de Vigilantes & Prestadores de Serviços
Postado: 02/01/2012
Câmeras são instaladas em prédios públicos para evitar vandalismo
Vandalismo em alta
 
Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo, resolveu dar um basta nos atos de vandalismo e violência que rondavam os prédios públicos da cidade. Mais de 300 câmeras foram instaladas em pontos estratégicos e estão ajudando a polícia na segurança pública.

Elas são discretas e estão de olho em quase tudo o que acontece dentro e fora das escolas, museus e outros prédios públicos da cidade. São cerca de 360 câmeras instaladas em 28 prédios públicos da cidade. Uma medida tomada para preservar as instalações e dar mais segurança a quem trabalha nesses locais.

A maioria das câmeras foi instalada na parte externa dos prédios para inibir ações as criminosas. As lentes são monitoradas vinte e quatro horas por dia em uma central técnica.

As imagens captadas são supervisionadas em tempo real por vigias que fazem a segurança de todos os locais à distância com a ajuda dos equipamentos.

As lentes já flagraram várias ações. Em uma delas um rapaz retira o chinelo de um dos pés e depois o atira na câmera posicionada em um colégio. Em outra escola, o menino escala o telhado e depois vira o equipamento para não ser filmado.

Para manter toda esta estrutura funcionando, o município gasta por ano, cerca de R$ 500 mil.